terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Após acusação de nepotismo, prefeito de Itabuna exonera filho de cargo de secretário


Após diversas críticas quanto à nomeação e acusação de nepotismo, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM), exonerou o filho Sérgio Gomes do cargo de Secretário de Transporte e Turismo. O decreto que anula a nomeação da última quinta (5) foi publicado no Diário Oficial do Município dessa segunda-feira (9). Além do filho, Gomes nomeou também sua esposa, Sandra Neilma, como secretária de Assistência Social, e seu sobrinho, Dinailson Oliveira, como secretário de Administração. Assim, das nove secretarias mantidas na gestão do prefeito recém-empossado, três estavam sob comando de parentes do democrata. A fim de reverter a ordem do prefeito, advogados da OAB de Itabuna encaminharam documentos e até a lei antinepotismo, sancionada por Gomes em 2007 para análise da OAB da Bahia. A lei 2.031, sancionada no dia 13 de junho de 2007, proíbe o gestor de contratar cônjuges e parentes até o terceiro grau para cargos comissionados. Gomes, no entanto, manteve a nomeação dos outros parentes, que, pela lei também deveriam ser exonerados. O prefeito recorreu das decisões no Supremo Tribunal Federal (STF). (BN)

Um comentário:

  1. Aqui em Tancredo tem dois irmãos e um primo do prefeito e ninguém fala nada. Isso também é nepotismo. Amarelinho10!!! E ai, não cai falar nada?
    Nepotismo em Presidente Tancredo
    Neves... Vamos denunciar Amarelinho10!!!

    ResponderExcluir