sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

BAHIA: PRF prende mulher que aplicava golpes em locadoras de veículos


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em Simões Filho/BA uma integrante de uma quadrilha de estelionatários que aplicavam golpes em locadoras de veículos usando documentos falsificados. A mulher, de 23 anos, foi flagrada na BR-324 depois de apresentar à fiscalização uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa./A ocorrência teve início na madrugada de quarta-feira, quando a PRF de Cristinápolis/SE prendeu quatro pessoas no KM 200 da BR-101 daquele estado. Os policiais identificaram indícios de falsificação nas CNHs dos acusados, que viajavam juntos em um comboio com quatro veículos alugados, sendo dois JEEP/Renegade, um RENAULT/Duster e um M. BENZ/C180.

No momento da prisão por uso de documento falso, os envolvidos revelaram detalhes do esquema: apresentando CNHs falsas, eles viajaram de Brasília/DF até Maceió/AL com carros alugados de duas empresas diferentes. Ao chegarem ao destino, faziam a devolução e logo depois alugavam outros para fazerem o caminho de volta. A ideia era vender os veículos em feiras de comércio de produtos roubados, em Brasília. Dois dos presos eram os “cabeças” do esquema, responsáveis por conseguir os documentos falsos e convencer os demais, que receberiam certa quantia em dinheiro pelo transporte. Após colherem essas informações, os PRFs em Cristinápolis entraram em contato com a equipe em Simões Filho para informar que uma integrante da quadrilha estaria naquele trecho.

De posse das características do veículo, um RENAULT/Duster, os policiais saíram em busca da acusada e a encontraram, na quinta-feira(29), no KM 599. Ao efetuarem a abordagem, ela apresentou CNH com indícios de falsificação, fraude confirmada após análise e consulta ao banco de dados. O documento estava em nome de outra pessoa, mas com a foto da portadora. A mulher foi presa em flagrante por uso de documento falso e encaminhada para a delegacia de polícia judiciária, onde foram instaurados os procedimentos para apurar a participação de cada envolvido no esquema. O grupo admitiu que já tinham conseguido aplicar esse golpe com sucesso pelo menos uma vez, quando os veículos das locadoras foram entregues no estado de São Paulo. Fonte: Agora na Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário